UOL Blog - Comentários

Você já tem o seu blog? Não?
Então crie o seu. É de graça.


[Alessandra ]
Bom dia Sandro, Encontrei o seu blog esta semana e confesso que ainda não tenho muito a dizer, pois estou no processo de exploração do mesmo e de qualquer forma pelo pouco que já li estou achando os assuntos bem interessantes. O motivo de estar escrevendo hoje é outro. Na verdade é para fazer uma declaração de Amor : "Eu estou apaixonada pelo livro Luz na Vida"..eu comecei a grifar os tópicos mais importantes e acabei me dando conta que estou grifando o livro todo..Eu leio com frequência livros espíritas e espiritualistas, mas o livro do Iyengar...este está sendo o primeiro. Eu nem terminei o livro and I guess I ´ve already fallen in love with B.K.S. Iyengar...this it's it for now, eu precisava dizer isso hoje. Muita luz no seu dia...Abs. Ale

19/04/2012 10:21

RESPOSTA:
Alesssandra que bom esse aprofundamento que você está tendo nesse livro. Ele é rico porque é baseado em muito na experiência advinda a da pática dele. Pelo mesmo motiov o fato de você estar praticando yoga vai dando um sentido verdadeiro a leitura. Obrigado pelo seu comentário. Sandro

[Anelen]
Sandro, encontrei seu blog hoje. Que grata surpresa!!! Me emocionei com seu post pois pratico yoga há dois anos e sei exatamente o momento em que o click da libertação ocorre. Ainda estou buscando muita coisa. Mas entendo perfeitamente o que seja a verdadeira liberdade. Parabéns pelo blog. Bjão.

19/11/2011 08:11

RESPOSTA:
Anelen muito bem vinda a blogosfera do yogue. E que bom que nesses 02 anos de prática de yoga você já reconhece os seus 'insights', isto é de um imenso valor. Obrigado pelo seu comentário.Sandro

[Marcos]
OLá Sandro, sua história me fez lembrar de uma entrevista do Frei Beto, que também foi preso político. Ele disse que nunca havia sentindo tanta liberdade como no tempo que passou na prisão.A prisão o fez voltar-se para dentro, e por isso ele era grato à ela. Realmente não há liberdade para fora.

12/11/2011 15:50

RESPOSTA:
Marcos há um relato também com o mestre indiano Sri Aurobindo. Ele também esteve preso pois era ativista político na época em que a India estava sob o jugo inglês e não me recordo bem mas me parece que ele teve uma experiência de samadhi na prisão e isto causou um problema e preocupação aos ingleses pois no estado que estava (hipometabólico) pensavam que ele estava morto ou morrendo e isto traria complicações e revoltas. A vida é assim as vezes é necessário este tipo de prisão para nos libertarmos da mente. Obrigado por seu comentário. Sandro

[Marcelle]
Olá Sandro! acompanho o seu blog ja há algum tempo. Hoje resolvi comentar pq me emocionei com seu post. gostaria de saber mais sobre a sua experiência de dar aulas no Carandiru. Estudo yoga e sempre tive o sonho de dar aulas em presidios, sinto que é minha missão passar a mensagem do yoga p essas pessoas que nao tem esperança.pensava como fazer, como lidar com as situações. Parabéns!! Acredito que vc ajudou muitas pessoas a enxergarem com o coração e buscarem a sua liberade. imagino como foi especial. Muita luz no seu caminho! namastê!

12/11/2011 10:28

RESPOSTA:
Marcelle que bom que você deixou este comentário para mim é um alimento é uma troca muito boa. Na época que eu dei aula no presídio foi uma amiga que me convidou pois ela já dava aula lá no Carandiru feminino e dividíamos indo cada um uma vez por mais de um ano. Não creio que atualmente com o conhecimento maior que existe sobre o yoga seja difícil oferecer suas aulas de yoga neste setor. No Yoga Dham o espaço que eu coordeno recentemente demos aulas por um período em outro presídio e foi muito rico para todos especialmente para alguns que estavam começando a dar aulas. O trabalho altruísta que no yoga é chamado de Karma Yoga é muito gratificante. Obrigado por seu comentário. Sandro


Deixe seu comentário
 
Nome *
E-mail *
Site/Blog 
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000

Atenção: Conheça as regras de uso do blog.



[fechar a janela]