UOL Blog - Comentários

Você já tem o seu blog? Não?
Então crie o seu. É de graça.


[Paulo]
Cruz, talvez vc tenha razão e eu esteja pegando no pé do Juca a toa, mas vendo o blog dele, dá a impressão que ele é conivente com o que acontece, apesar da ironia que percebo em seus textos.

03/12/2011 23:29

RESPOSTA:
Tenha certeza, Paulo, Juca nunca foi conivente com o lado ruim do esporte. Grande abraço e bom domingo, apesar da tristeza pela perda de Sócrates. Cruz

[jose medeiros]
Qual seria os objetivos dessas análises? O que ocorreu na Grécia poderia ocorrer no Brasil? Essas análises, para merecer mais credibilidade, deveriam, em primeiro lugar,considerar as particularidades de cada país, principalmente seu peso econômico. Por exemplo, não há evidências de que os jogos de Pequim possam desencadear uma crise econômica na China. Sobre o seu Blog, parabéns. Mesmo discordando muitas vezes de alguns opiniões e análises, a seriedade e a qualidade do seu trabalho se faz evidente. abraços

03/12/2011 00:28

[carlos renato]
Ze, vc é um cara legal, honesto e um bom jornalista, mas como todo ser humano derrapa. que viagem na maionese esse post. No mais, tirando alguns exageros em algumas matérias, vc é um cara que nos coloca ao par do que acontece nos bastidoes do esporte.

02/12/2011 22:56

RESPOSTA:
Carlos, obrigado pela sincera manifestação. Mas não o assunto é oportuníssimo. Veja o tamanho da Grécia, a economia da Grécia e compare com o Brasil. Dimensões distantes, claro. Mas o desperdício das instalações esportivas de lá são iguais ao de cá. Depois do Pan, tudo vazio, isso onera o município, o estado e a União. E o prejuízo maior na falta de ocupação é não dar oportunidades à população de usar espaços públicos. Não posso ignorar análises desse tipo, pois trago para cá não como verdades incontestáveis, mas para sugerir o debate e, claro, a contestação, como fazes. Abç. Cruz

[Paulo]
Cruz, a partir de hoje só vou acompanhar o teu blog. O Juca Kfouri fala e fala mal do Teixeira e da CBF mas não fala nada quando o seu time está sendo beneficiado por eles. Cansei da hipocrisia daquele jornalista de meia tigela.

02/12/2011 21:42

RESPOSTA:
Calma, Paulo. Não e por aí. Juca é irônico, estamos num momento muito bom do nosso futebol e ele conhece o assunto. Obrigado por prestigiar este espaço, mas aqui o debate é mais, digamos "antipático", pois trato de um assunto oposto à alegria do futebol. Mas vamos em frente e q venha o campeão, domingo. abç, cruz

[Paulo]
Fiquei sabendo disso. Não seria surpresa se um certo país que eu conheço tb passasse pela mesma situação dentro de alguns anos. Não é praga, amigos. É uma possibilidade, e não é pequena como muitos pensam. Crises não se medem por tamanho territorial.

02/12/2011 21:37

[Leandro] [www.bandamahal.com.br]
O que acho o máximo é que esses tais especialistas não conseguiram dar dicas para que a crise fosse evitada... É a diferença entre um médico e um médico legista... um tenta a cura, o outro apenas confirma a morte, mas não deixa de identificar o que a causou... Qual será a desses grande especialistas?

02/12/2011 20:57

RESPOSTA:
Leandro, o caminho e outro. Aqui no Brasil, "especialistas" do governo, inclusive, estão alertando o governo para os "elefantes brancos" q o dinheiro público está construindo para a Copa. O TCU assim se expressa sobre os estádios de Manaus, Natal, DF e Cuiabá. Veja bem, falam com autoridade, pois os auditores vão aos locais, conhecem a realidade. No entanto, o q faz o governo? abre os cofres do BNDES para financiar o que não servirá para nada, a não ser quatro ou cinco jogos. Grato pela participação no debate. Abç, cruz

[Marcos]
Cruz, a situação é tão absurda que o governo grego gasta(ou gastava) por ano algo em torno de US$100 milhões só na manutenção da infra-estrutura construída para os jogos,(fonte: http://migre.me/6iPlR). Só que a questão olímpica é mais uma entre tantas besteiras que que Governo grego fez. Recentemente uma enviada especial do jornal espanhol El Mundo elencou alguns casos que levou a Grécia a bancarrota. Entre os exemplos estão: 45 jardineiros para quatro arbustos num hospital, 50 motoristas para um carro oficial e a preservação de um lago seco há quase um século. Mas há outros exemplos ilustrativos: a Grécia paga uma pensão vitalícia de mil euros mensais a 40 mil jovens, só pelo facto de serem filhas solteiras de funcionários públicos falecidos. A regalia custa aos cofres públicos a módica quantia de 550 milhões de euros ao ano. Se quiser dar uma olhada aqui vai o link da matéria: http://migre.me/6iPcz Abraço.

02/12/2011 20:48

RESPOSTA:
0brigado, Marcos, por mais esta valiosa contribuição ao debate. Vou ler, sim. Abç, cruz

[Eduardo Lacerda]
No caso entre Grécia e Brasil, axo difícil, até pq os controles internos sobre a economia feito pelo BC é totalmente diferente, a Grécia assim como Portugal, e a Espanha, se aproveitaram totalmente dos fundos do BCE europeu, fora q no Brasil, temos a plena certeza q existem regras sobre trabalho, onde somos praticamente obrigados a trabalhar 44 horas semanais. Quando morei na Espanha tinha vergonha quando lia reportagens sobre vagas de empregos nos melhores escritórios de advocacia e os próprios chefes falavam q quando os advogados iam a procura de emprego, no final da entrevista falavam na kra de pau q só iriam trabalhar de segunda a quinta, e olhe la, pra ter certeza, só basta ler a reportagem da revista XLSEMANAL. E pra garantir a minha explanação a revista VEJA recentemente em reportagem, reportou sobre o mesmo tema, aposentadoria precoce e mil regalias no seguro desemprego.

02/12/2011 19:39

[Nilson Duarte Monteiro]
Cruz, quantas vezes eu te disse que o Brasil em 2017 ou 18, será a Grécia de hoje?

02/12/2011 17:43

[Brasil, 6* economia do planeta!]
KKKKKKKK , isso eh que dar paiseco fazer olimpiada. Quanto ao Brasil, o dinheiro gasto com os jogos olímpicos e copa, mesmo com todo roubo, eh uma mixaria para um pais rico como o nosso, jamais iremos quebrar por causa desses gastos, como vc e os desinformados querem deixar transparecer.

02/12/2011 15:34

RESPOSTA:
Guaxá, diante de teus conhecimentos, tua contribuição ao bom debate poderia ter sido mais adequada ao tema, em vez de debochada.O espaço continua disponível. Abç, cruz

[Luciano K]
Cruz Infelizmente existem indícios de uma recessão mundial nos próximos anos, os alimentos estão puxando os preços a nível mundial, e o fim de algumas matérias-primas (commodities) de extração mineral. Aliado a falta de responsabilidade e transparência nos gastos e contas públicas, podemos ter um cenário bastante somrbrio nos próximos anos.

02/12/2011 15:05

[Giuseppe]
Nenhuma novidade, a Grécia quebrou após as Olimpiadas, Portugal quebrou após a Euro e seus elefantes brancos, a África do Sul....., bem continua sendo África do Sul. A China o Ninho de Pássaro, ou Urubu, seja lá o que for não encontra destinação para as suas instalações olimpicas. Nós tivemos o PAN DEMONIO, teremos a Copa e as Olimpiadas....o tombo vai ser grande.......

02/12/2011 14:51

[sergio siqueira] [www.sanatoriodanoticia.blogspot.com]
Cruz, Você sabe que eu estive em Atenas em 2004, como assessor de imprensa do Comitê Paraolímpico. De lá saiu, com fotos de Mike Ronchi, o livro "Deuses Paraolímpicos" - primeira publicação do gênero no Brasil. Não foi difícil reproduzir a opulência desmedida das instalações do Parque Olímpico. Lembro que te falei na época que o povo grego levaria 40 anos para se livrar dos exageros, das obras faraônicas, dos excessos que enriqueceram os governantes, os marqueteiros e os empreiteiros da Grécia. A alegação para o desperdício lá naqueles confins do mundo era a mesma falácia de hoje: o legado social que um evento como a Copa do Mundo ou os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos podem deixar para o povo e para o País. Passaram-se pouco mais de seis anos e a Grécia está quebrada. Tem pela frente só mais 30 de miséria, vergonha e humilhação. Por favor, me relacione aí, os benefícios e os legados sociais que os Jogos Pan-Americanos deixaram para o Rio de Janeiro.

02/12/2011 14:34

RESPOSTA:
Lembro, sim, Sérgio, que falastes sobre a herança da dívida. Mas o olimpismo é isso, ostentação, tudo grande, enorme, incomensurável. Afinal, o evento é grandioso e reúne os melhores do mundo. Logo... Abç, cruz

[Henrique]
Após o Pan (até agora ninguém sabe o quanto foi gasto), com os próximos eventos: Mundial e as Olimpiadas, pobre dos brasileiros. Vão pagar a conta (altíssima) mais uma vêz.

02/12/2011 14:06

RESPOSTA:
Henrique, só para atualizar. Estou com o relatório do Pan que me foi enviado pelo Ministério do Esporte. São dados oficiais, q estou lendo para publicar. Outra coisa são as constatações do TCU que mostram a realidade dos gastos. Este assunto virá em breve para cá e vai render. Abç. Cruz

[Walter]
Cruz, pode ser verdade pois, tudo indica que economias honestas como a grega (pelo menos em relação à nossa), qualquer desequilíbrio orçamentário leva à quebra. O problema da Grécia, é que ela foi buscar valores para as obras no exterior. A grande diferença com o Brasil é que nossa economia já está habituada a rombos no orçamento sem explicações convincentes, ou seja, estamos acostumados à gastança desnecessária e descabida, como sempre aconteceu, acontece e acontecerá. Se formos nos preocupar com os "elefantes brancos" que foram construídos até hoje e não servem para nada, poderíamos fazer uma lista com milhares de itens (e trilhões jogados fora). Por incrível que pareça, temos hospitais já construídos e que não estão sendo utilizados. Qual economia no mundo que resiste a isso? Só a nossa. Vamos gastar bilhões com a Copa e com a Olimíada, herdaremos ótimos edifícios que não servirão para nada. Nossas empreiteiras, bancos e políticos ficarão mais ricos e nós povo, iremos pagar a conta

02/12/2011 13:35

[Afonso Pellágio]
Aquele mal estar na copa ta rendendo bem. O bolão e o Dunga estão colhendo os frutos da farsa da copa da França, e os trouxas aqui se matando. A aramação deu bons resultados um foi técnico da seleção e encheu os bolsos, e o craque gordo, agora tb vai se empanturrar de grana, é bom ser amigo do Riocardo Teixeira

02/12/2011 13:27

[Januário S. Fontes]
No Brasil será realizado dois megaeventos consecutivos com custos bilionários; de cunho imediatista e clientelista; sem transparência ou planejamento integrado, onde a prioridade é atender a interesses particulares. Lendo a matéria sugerida, dá a impressão de que a leremos novamente daqui a quatro ou cinco anos.

02/12/2011 12:37

RESPOSTA:
Olá, Januário. Na verdade temos nos concentrado muito no lado oposto dos megaeventos, nos gastos, na corrupção, nos atrasos que favorecem superfaturar obras etc. Mas o Ministério do Esporte tem um estudo no Portal da Copa(www.esporte.gov.br) que demonstra as vantagens par a economia brasileira com a realização dos megaeventos. Particularmente, discuto o momento para recebermos Copa e Jogos, pois gastamos em construções (no concreto), quando a prioridade deveria ser a educação, o desporto escolar. Tecla batida, claro, mas veja o "legado" do Pan. Q projeto tinha o município do Rio para os garotos no pós-Jogos? Q grande evento foi realizado no Rio depois de 2007? é o q ocorre no DF, terems estádio para 75 mil pessoas e não temos tradição no futebol, um campeonato miserável, com 200 testemunhas por jogo, um time na série C, outro na D do Brasileirão. Mas o Estádio está aí, saindo do chão, a mais de um bilhão de R$. Segue o debate, abç, cruz

[Cesar]
Isso deveria ser mais divulgado e comentado; a Grécia vai sofrer muito ainda, porque não tem recursos naturais ou indústria/produção fortes. Além disso , o governo não tem controle de tributos de pequenas empresas/prestadores. O que será do Brasil??? Vamos pagar a conta, como sempre???

02/12/2011 11:53

[Jonas]
E outra: não só as grandes construtoras financiadoras de campanhas eleitorais estão ganhando as "mega" licitações, como o mercado financeiro está impondo suas vontades. Basta ver o PL 1.992, motivação meramente financeira, defendido pelo Governo de forma que irá haver mais recursos para a Copa e Olimpíada. Até a aposentadoria estão atacando. Não, não há o tão falado "deficit", isso é tática a "la Goebbels".

02/12/2011 11:43

[Jonas]
Se depender dos financiamentos, renúncias tributárias e licitações sem qualquer tipo de fiscalização, o Brasil irá pelo mesmo caminho. Por enquanto não vejo muito fiscalizção...

02/12/2011 11:37

RESPOSTA:
Jonas, leia o comentário que acabei de postar, sobre transparência, um negócio obscuro. Abç, cruz


Deixe seu comentário
 
Nome *
E-mail *
Site/Blog 
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000

Atenção: Conheça as regras de uso do blog.



[fechar a janela]