UOL Blog - Comentários

Você já tem o seu blog? Não?
Então crie o seu. É de graça.


[Luiz Ribeiro]
Infelizmente o exemplo desse extraordinário futebolista e grande cidadão não teve réplica entre as estrelas do esporte que vieram depois dele. Sua habilidade conquistou fãs de outros clubes. Sua personalidade forte e independente conquistou admiradores de todas as classes. De maneira hábil e corajosa usou sua fama e seu carisma, sem hipocrisia, para fortalecer a luta pelo fim da ditadura e o retorno da democracia. Além disso, suas opiniões sobre as questões da sociedade, de qualquer área, sempre foram muito felizes e oportunas. Resultado: ficará para sempre na memória daqueles que tiveram a felicidade de acompanhar sua passagem entre nós. Se estivesse em atividade futebolística nos dias de hoje, com certeza não teria um acessor de imprensa. Sócrates foi um ponto fora da curva em todos os sentidos: seja como atleta tardio e talentoso, ou como cidadão engajado e sem hipocrisia.

06/12/2011 16:25

[Homan Agostin]
O nosso Dr. Sócrates, literalmente brasileiro, sem estardalhaço, prestou relevantes serviços à nação bem como aos jovens brasileiros. Sou testemunha de várias situações em que jovens próximos, tomaram posições e decisões extremamente positivas, pós ouvir o genial Sócrates, com suas convicções e seu ideal de liberdade. Infelizmente perdemos uma voz altiva, mas, seguramente novos Magrões haverão de surgir, não só para brilhar no futebol, mas, principalmente para ajudar a sociedade a reconquistar os valores esquecidos e abandonados. O tempo urge, precisamos restaurar a entidade família. Precisamos ter novamente o prazer de ser honesto. Necessitamos ter de volta a satisfação de ser gentil cordial e de tratar bem aos nossos semelhantes. Temos sede de liberdade, liberdade na acepção da palavra. Liberdade igualitária por exemplo. Ao céu Dr. Sócrates, nós aqui em abaixo jamais esqueceremos a extraordinária estada entre nós.

05/12/2011 08:18

[Marcos]
Se a última impressão é a que fica a minha com o Dr Sócrates não ficou legal, principalmente depois da sua entrevista para a Marília Gabriela, acreditava que a sua paixonite por cuba tinha acabado com o tempo. Mas.. devemos discutir idéias e não pessoas. Fica aqui as minhas condolências a família, é uma lástima perder uma pessoa assim, tão cedo. Infelizmente não sabemos o dia de amanhã, todos nós merecíamos morrer de velhice.

05/12/2011 00:02

[sergio]
Exaltar um campeonato que o Corinthians (diga-se departamento de árbitros da CBF) ganhou, é mesmo a cara do Brasil. Alguns exaltam para não ficar mal na fita com a torcida corintiana. O Vasco hoje completou o décimo jogo, seguido) prejudicado pela arbitragem. Como prêmio, por ter cumprido direitinho as ordens esse incompetente e mal intencionado -o juiz - será indicado para integrar os quadros da FIFA, lógico que é só para ele poder usar o distintivo da FIFA, e receber um pouco mais nos jogos que aqui apitar, pois a entidade não é burra e não vai escalá-lo para nenhum jogo. Garanto que o Doutor com sua visão não concordaria com essa armação.

04/12/2011 21:18

RESPOSTA:
CAro Sérgio: será que chorar a perda de um título colocando a culpa na arbitragem não é bem mais a cara do Brasil? Abç, boa semana, cruz

[Mauro ]
Cruz, hoje o funo é combatido em todos os cantos, mas as "OTORIDADES" estão esquecendo um o principal caminho que leva muita gente às drogas. O Médico Sócrates nos deixa um exemplo de como o álcool pode acabar com a vida. Dizem os entendidos "O ÁLCOOL É UMA PORTA QUE SE ABRE PARA AS DROGAS" é obrigação do governo fazer também uma campanha contra este produto e fechar esta porta que na maioria das vezes faz mais vitimas do que o próprio fumo. Qual adolescente que não empolga com estas propagandas que induz cada vez mais as pessoas irem para o abismo. Valeu Sócrates, tomará que seu legado fique somente no esporte. Mauro

04/12/2011 13:43

[zé brasil]
Caro xará fica a minha singela homenagem ao Dr. Sócrates, pois foi com ele, junto com Zico e cia., fez com que milhões de garotos nos anos 80, como eu, sonhar em ser jogador de futebol. Lmebro que naquela época havia a mania de todo menino em querer ser um Sócrates ou Zico com um kichute (ah, sonho de consumo de dez entre dez meninos e os dois eram os garotos-propagandas, hein!). A seleção de Telê tave muito bem servida com eles. Quem não se emocionou com os gols do Magrão contra a URSS (vitória de virada por 2 a 1) ou contra a Itália na fatídica derrota por 3 a 2? E ainda liderou a Democracia Corintiana nos primórdios das Diretas Já em 1984 (e ohla q sou vascaíno!), fora que ele fazia parte da Caravana do Esporte pela ESPN, junto com outros nomes consagrados do nosso esporte. Bem q vc poderia sugerir ao pessoal da ESPN fazer uma homenagem. Bom, q Deus o receba em Seus braços com Sua infinita misricórdia e que agora está na glória eterna. Vlw Doutor! Abs Xará.

04/12/2011 12:00

[bernardo scartezini]
grande!

04/12/2011 10:40

[Walter Guimarães]
Esse vai deixar saudades... Um dos maiores em relação a visão de jogo e inteligência em campo e fora de campo...

04/12/2011 10:20

[Nilson Duarte Monteiro]
Cruz, eu admirava muito o Magrão, adorava ver uma entrevista, debate, com ele, cara lúcido, conhecedor da atualidade e, não um alienado como são os esportistas. Mas, ele foi dois exemplos, um positivo e outro negativo. Positivo pela sua combatividade das mazelas que correm na política, nos esportes, etc. Negativo por sua dependência química, alcool e fumo. Que descanse em paz.

04/12/2011 09:59

[Marco Antonio Marcondes Junior]
Tristeza, lá se vai meu grande ídolo.. o cara que me fez amar mais ainda o Corinthians, isso quando eu era ainda um garoto e não sabia distinguir o que era Corinthians, Sócrates, Democracia.. Vai Corinthians, jogai pelo Doutor… Obrigado Magrão por me fazer tantas vezes feliz com sua genialidade, com seu calcanhar, com seu carater, com sua luta por justiça e democracia.. Vai com Deus, Doutor.!!!

04/12/2011 09:54


Deixe seu comentário
 
Nome *
E-mail *
Site/Blog 
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000

Atenção: Conheça as regras de uso do blog.



[fechar a janela]