UOL Blog - Comentários

Você já tem o seu blog? Não?
Então crie o seu. É de graça.


[Marcos C.Campos]
O Descartes é científico, direto e pragmático. Penso, logo existo. O próprio pensar, que é o movimento da memória,projeta a identidade, o eu.Dessa forma, somos todos nós (os eus) exatamente o que pensamos.O que está na nossa tela mental e colore/distorce nossa visão ou nos mecanismos recorrentes é o conteudo de nossa memória, aquilo que escolhemos guardar para compor a nossa identidade. Desapegar é a própria morte em vida.Quem pode fazer isso?

01/05/2012 23:01

RESPOSTA:
Marcos nuito interessante a sua reflexão. Temos uma visão de que o mundo ´concreto' não é o mundo subjetivo e esse é um prisma enganoso que se fixa a partir do fato consideramos o mundo concreto aquele que está manifestado a nossa frente e que que nossos sentidos podem captar. No entanto daqui há algumas horas inevitavelmente estaremos dormindo e sujeitos aos movimentos do mundo subjetivo e suas interferencias em nosso corpo, emoções e mente como estávamos quando deps. Como você descreve o que a mente cria é o que temos a nossa frente, o mundo é sim exatamente tal commo o vemos e percebemos. No entanto a mente funciona por padrões repetitivos o que torna essas projeções e contruções igualmente repetitivas impedindo ou dificultando que cada um perceba que tudo muda a cada instante e aí está a chance de crescimento e transformação humana. O exercício de desapego diário à esses padroes repetitivos da mente são assim saudáveis para abrir às mudanças! Sem mudanças a vida morre. Obrigado pelo seu comentário.Sandro

[Roseli]
Oi Sandro. Essa mensagem nos dá a dimensão da importância da nossa transformação interior. Todo o resto só pode ser consequência. De nada adianta você ficar procurando fora, pois suas respostas somente serão encontradas dentro de você. Namastê e feliz Páscoa!

05/04/2012 22:27

RESPOSTA:
Namaste Roseli e obrigado pelo seu comentário. Sandro

[Luís Indriunas]
Essa frase para mim é integrante e plena. E tem uma relação dialética com "penso, logo existo", do Descartes. No entanto, acho que mesmo nosso pensamento não é só nosso, afinal somos do mundo e o mundo pensa conosco... Né, não?

04/04/2012 10:41

RESPOSTA:
Luis existe uma relação Karmmica mais delicada entre o que penso e me torno pois assim é que cada um vê o mundo, como pensa. Obrigado pelo seu comentário. Sandro


Deixe seu comentário
 
Nome *
E-mail *
Site/Blog 
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000

Atenção: Conheça as regras de uso do blog.



[fechar a janela]