UOL Blog - Comentários

Você já tem o seu blog? Não?
Então crie o seu. É de graça.


[Sylvia]
O ser humano não é monogâmico. Na natureza só sobrevive em grupos.A responsabilidade dos cuidados com as crianças recaia sobre o grupo e não sobre a mulher sozinha, uma vez que não havia formação de casais e muito menos o " amor romântico".Mesmo entre indígenas onde há a formação de casais , a mulher divide os cuidados com as crianças entre os demais membros da tribo. A monogamia passou a ser regra quando surgiu a propriedade privada e o homem exigiu exclusividade sobre a paternidade dos filhos e dai a responsabilidade pela criação das crianças passou a ser do casal. Mulheres não fazem mais sexo casual simplesmente pelo medo do que os outros vão dizer mesmo. Tanto que foi só a mulher ter mais independência econômica que o número de "puladas de cerca" aumentou bastante.

09/12/2015 12:03

RESPOSTA:
Olá, Sylvia
Muito obrigado por comentar. Realmente, as evidências indicam que a nossa espécie é moderadamente poligâmica. No entanto, a tendência para multiplicar a quantidade de parceiros é muito maior entre os homens do que entre as mulheres. Os estudos antropológicos mostram que poliginia é a regra e a poliandria a exceção. Essa teoria do fator econômico controlando a sexualidade é só uma delas e é a mais a mais fraquinha. Contra essa teoria, por exemplo, existem evidências, fortíssimas e óbvias, de que em todas espécies de animais, aquele sexo que investe mais é mais conservador em termos sexuais. A sua afirmação de que "não havia formação de casais" está completamente errada. Nunca foi identificada uma sociedade onde o sexo não fosse regulado por instituições semelhantes ao casamento. Embora o grupo participe, sim, dos cuidados com as crianças, em última instância são os pais que cuidam. Por exemplo, quem amamenta é sempre a mãe. Quem carrega a criança nos deslocamentos dos grupos nômadas são os pais. Ab Ailt


[Raiama]
Acho que seja por causa do machismo.

07/12/2015 22:54

[Alexander Anhaia]
Excelente análise, Aílton. Entretanto, o que eu vejo em grande número é que o desejo sexual da mulher hétero está muitas vezes atrelado ao sucesso sexual do homem em números. Como esta característica se encaixa no contexto evolutivo, sendo que gera uma contradição com o que é seguro para ela?

07/12/2015 10:58

RESPOSTA:
Olá, Alexander
Ótima observação você apresentou. Vc tem razão. Os evolucionistas tentam explicar esse fenômeno dizendo que as mulheres optam pela segurança para fins de compromisso e traem para fins de coletarem "bons genes" de homens atraentes, mas pouco confiáveis. Ab Ailton



Deixe seu comentário
 
Nome *
E-mail *
Site/Blog 
Comentário:

 Caracteres restantes : 1000

Atenção: Conheça as regras de uso do blog.



[fechar a janela]